5 pontos para pensar na hora de contratar um plano de assistência familiar

Veja também:

As decisões que você toma hoje mudam a vida no futuro e proteger a sua família é uma delas. Principalmente quando o assunto é plano de assistência familiar.

Contar com um suporte que tome conta de todos os detalhes, especialmente nos momentos de fragilidade e sem precisar se preocupar com despesas e tarifas de um funeral, faz toda a diferença para lidar com o impacto da notícia.

Além disso, você ainda garante o melhor plano: viver bem e com diversos benefícios em vida.

Mas como escolher um plano que proteja minha família de verdade?

Listamos 5 pontos de atenção que você deve se atentar na hora de contratar um plano de assistência familiar.

Continue a leitura!

 

Histórico da empresa

Quem contrata um plano de assistência funeral familiar não espera usá-lo tão cedo, exceto pelos benefícios em vida.

Nesse sentido, avaliar o histórico e procedência da empresa é de suma importância para garantir que você não vá passar anos pagando e, na hora que precisar, não ter o suporte ou serviços contratados.

Por isso, pesquise bastante em todos os canais possíveis e converse com os atuais clientes da empresa ou pessoas que já usaram os serviços oferecidos antes de fechar seu contrato.

 

Prazos de carência

Ao fechar um plano de assistência familiar ou até de saúde, é comum que entre em vigência um período de carência que não permite o uso de todos os benefícios imediatamente.

Essa é uma informação que pouca gente sabe ou procura se informar e se você está na intenção de fechar um plano para uso imediato, isso pode ser um problema.

O ideal é que você leia bem o contrato para checar esse prazo ou ter certeza que terá o respaldo caso necessite.

 

Reajustes contratuais

Outra coisa comum é o reajuste anual no valor do plano ou reajuste por idade, mais comum para pessoas a partir dos 60 anos.

Tenha em mente que essa é uma prática normal, mas procure se informar sobre como são feitos os aumentos das mensalidades.

Para não ser pego de surpresa, peça sua operadora de assistência uma planilha ou tabela a respeito dos reajustes e prazos.

 

Revise o contrato e serviços oferecidos

Um dos maiores erros na hora de contratar um plano de assistência familiar é não checar o contrato, as letrinhas pequenas e os serviços oferecidos.

Especialmente se você for fechar um plano por telefone, certifique- se que:

  • As informações passadas e benefícios oferecidos estejam no contrato;
  • Confira os benefícios em vida, ligue para as clínicas parceiras e confira se o serviço continua funcionando;
  • Verifique a quantidade de pessoas inclusas no plano;
  • Prazos de permanência;
  • Abrangência;
  • Reajustes, etc.

Isso vai evitar futuros transtornos e trazer mais segurança e garantia para você e sua família

 

Cheque se a cobertura é nacional ou regional

A maioria dos planos de assistência possuem limite ou raio de atendimento, inclusive para transporte funerário ou inclusão de familiares que moram em outras cidades e estados.

Confirme com a empresa qual o limite dessa atuação, se é feita de forma nacional ou regional e, principalmente, se ela possui todo o aparato e suporte para transporte em casos de necessidade.

 

A morte pode pegar qualquer família desprevenida e sem ter condições de bancá-la.

Nós te ajudamos a deixar sua família protegida e livre de despesas e burocracias.

 

PAGINA DE PLANOS

CONTATO

INSTAGRAM

Para saber mais sobre os nossos planos, entre em contato conosco.

Se você achou que esse conteúdo pode ajudar alguém, compartilhe:

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Preencha esse campo
Preencha esse campo
Digite um endereço de e-mail válido.
Você precisa concordar com os termos para prosseguir

Menu
Open chat